Blog Home / Geral / Como tratar prisão de ventre de maneira natural

Como tratar prisão de ventre de maneira natural

Atualmente, a constipação intestinal, mas comumente conhecida como “prisão de ventre”, é uma condição presente na vida de muitas pessoas, em que, mesmo sentindo vontade intensa de ir ao banheiro, não conseguem evacuar. Pode durar poucos dias ou ser sintoma de alguma patologia instalada no sistema gastrointestinal do indivíduo, em diversas etapas da vida.

Existem múltiplos fatores, como hormonais, sedentarismo, ingestão incorreta de fibras e de líquidos, uso de medicamentos etc., que podem levar ao desconforto. Dificuldade e forte esforço para eliminar fezes com aparência seca e/ou endurecida e em baixas quantidades; distensão abdominal; gases e cólicas são alguns dos sintomas destacados para essa situação nada agradável, que pode ser controlada com a adoção de uma alimentação saudável e através da prática de exercícios físicos.  

Hipotireoidismo, Hipercalcemia e Doença de Parkinson são alguns dos distúrbios que podem causar constipação, além da Diabetes com neuropatia desenvolvida e lesões na medula espinhal que afetam os nervos do trato digestivo e desaceleram o intestino. Na gravidez, manifestações clínicas das alterações funcionais do tubo digestivo, como diminuição da pressão da cárdia, estase biliar e redução da velocidade do trânsito intestinal são frequentes, ou seja, ocorre motilidade reduzida do cólon e tempo de trânsito intestinal prolongado, o que propicia o aumento de absorção da água, que torna as fezes menos volumosas por menor concentração e contribui para a constipação.

Quando não tratada, pode gerar algumas complicações, incluindo hemorroidas, prolapso retal, fissura anal, doença diverticular, compactação fecal, entre outras que podem tornar a defecação desconfortável e deixar as pessoas relutantes em defecar. Adiar as defecações pode causar um círculo vicioso de piora da constipação e de suas complicações.

Nesse caso, alguns hábitos podem ser adotados para melhor qualidade de vida. A alimentação saudável, com baixo consumo de alimentos industrializados e rica em fibras, principalmente presentes em farelo de trigo, arroz integral, feijão, legumes e cereais matinais integrais, melhora o trânsito intestinal, pois aumenta o volume das fezes e estimula o peristaltismo, fazendo com que a comida passe mais rápido e com maior facilidade pelo intestino.  Além disso, os probióticos, bactérias benéficas para o intestino presentes no iogurte natural, kombucha, kefir, em suplementos alimentares etc., ajudam a processar as fibras da alimentação e favorecem a formação das fezes, auxiliando no balanço microbiano e no combate à constipação.

Como aliada para garantir que o sistema digestivo funcione de maneira correta e auxiliar na formação do bolo fecal, a água deve ser ingerida adequadamente, de acordo com a recomendação para cada indivíduo, considerando mínimo de 2 litros por dia. Também, praticar atividade física regularmente, pelo menos 3 vezes por semana, fortalece a musculatura abdominal e a estimula a movimentação do próprio intestino, o que ajuda a tratar a prisão de ventre.

Portanto, um estilo de vida saudável, contando com uma alimentação adequada, juntamente com o consumo ideal de água e com a prática de exercícios físicos, favorece o funcionamento normal do intestino e evita possível danos prejudiciais à saúde.

Para saber mais, CLIQUE AQUI e confira o nosso Fiber Bio, AQUI!

Texto: Thamiris Vedovati

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura de ajuda por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Atlhetica Nutrition.”